Duas noites de lua cheia e nenhum pensamento,

nenhum pensamento digno de duas luas.

Muito sonhos talvez e sonhos…

sonhos distanciam da realidade que traz os pensamentos.

A inspiração do sonho acordado

contra a recapitulação do sonho dormido.

É a fé do amanhã

e a percepção misteriosa do agora

é o mistério e a realidade nua

é a parte obvia e esperada (e desesperada)

é o místico do amanhecer

é conformidade e a revolução

é seu (meu) medo de querer

mais do que diz a televisão

é a vida sem sermão

I breath, I eat, I love and I code.

I breath, I eat, I love and I code.